• 218 212 214
  • 3digital@anpri.pt

Regulamento

A participação no Projeto implica que os/as alunos/as concebam e desenvolvam projetos, orientado/a por um/a professor/a de informática, ou por uma equipa de professores, desde que coordenada por um professor de informática, durante o ano letivo 2018/2019, na área da modelação 3D ou da realidade virtual.

A candidatura rege-se pelos termos e condições constantes no presente regulamento.

ARTIGO 1º TEMA

Os trabalhos a desenvolver, este ano letivo, pelos alunos terão como tema o “Património Arquitetónico”.

A seleção do tema para o ano letivo 2018/2019 deve-se ao facto deste ser o Ano Europeu do Património. Este tema permite interligar as valências da Modelação 3D e da Realidade virtual, facilitando abordagens transversais nos Conselhos de Turma, de forma a fomentar a colaboração nos contextos específicos de cada escola. Os alunos, orientados pelos professores podem desenvolver projetos sobre monumentos e edifícios de interesse local ou regional (exemplos: moinhos, pelourinhos, igrejas, fontanários, entre outros), integrando os espaços geográficos específicos do contexto escolar dos alunos.

ARTIGO 2º OBJETIVOS

  1. São objetivos desta iniciativa:
    1. Promover o saber-fazer, o espírito de iniciativa, a criatividade e o empreendedorismo, nomeadamente no âmbito da disciplina de TIC, mas também de outras disciplinas.
    2. Motivar os/as alunos/as a criar projetos inovadores, nos quais evidenciam os conhecimentos, capacidades e valores;
    3. Fomentar o desenvolvimento de competências no âmbito do planeamento, desenvolvimento e apresentação de projetos;
    4. Promover o respeito pelas regras de segurança, direitos de propriedade intelectual e legal;
    5. Divulgar e partilhar, com a comunidade educativa e a sociedade civil os projetos desenvolvidos nas escolas.
    6. Valorizar trabalho desenvolvido por alunos/as e as práticas dos professores/as;

 

ARTIGO 3º DESTINATÁRIOS

1ª Fase: Inscrição dos professores
    1. Os professores podem inscrever-se individualmente ou em equipa, desde que o projeto seja coordenado por um professor de informática.
    2. Os professores envolvidos no projeto terão acesso a materiais e sessões de formação webcasts/hangouts sobre os projeto e as aplicações.
2ª Fase: Submissão de projetos a concurso
    1. Individualmente ou em equipa até 4 alunos/as do ensino básico e secundário de Portugal Continental e Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores.
    2. Cada professor /equipa de professores e cada escola pode concorrer com várias equipas.

 

ARTIGO 3º CATEGORIAS/NÍVEIS

  1. As categorias nas quais os projetos devem enquadrar-se são as seguintes:

 

Categorias Níveis
    1. Categoria A: Modelação 3D
Terceiro Ciclo do Ensino Básico

Ensino Secundário

    1. Categoria B: Realidade Virtual
Terceiro Ciclo do Ensino Básico

Ensino Secundário

 

ARTIGO 4º INSCRIÇÕES

  1. As inscrições devem cumprir as condições descritas a seguir:
    1. Inscrição dos professores: Até 15 de outubro de 2018
    2. Submissão da candidatura de projetos dos alunos: Até 5 de abril de 2019;
    3. Formalizar a candidatura através do preenchimento de um formulário de inscrição, disponível no sítio online: http://www.anpri.pt/3digital/;
    4. O docente deverá garantir a autorização de participação para os alunos envolvidos neste concurso, sempre que legalmente exigível, por parte dos pais, encarregados de educação, tutores ou outro responsável legal.

ARTIGO 5º DIREITOS E DEVERES DE AUTORIA

  1. Os/as autores/as dos projetos têm os direitos e deveres descritos nos pontos seguintes:
    1. O conteúdo utilizado no desenvolvimento do projeto é da inteira responsabilidade dos/as autores/as.
    2. Os/as autores dos projetos mantêm a reserva da propriedade intelectual do trabalho desenvolvido.
    3. Os/as autores dos projetos permitem à ANPRI divulgar publicamente os projetos, pelos meios que entender adequados.
    4. Considera-se que, no ato de inscrição, os participantes aceitam todas as condições expressas no presente regulamento.

ARTIGO 6º CRITÉRIOS DE ADMISSÃO

  1. Os critérios de admissão ao concurso são os seguintes:
    1. O/a aluno/a ou equipa se integre nos/as destinatários/as previstos no artigo 2º.
    2. O projeto desenvolvido atenda aos critérios enunciados a seguir:
      1. Se enquadre nas categorias previstas no artigo 3º.
      2. Seja desenvolvido, individualmente ou em equipa, até 4 elementos;
      3. Seja original, da autoria do/a aluno/a ou equipa;
      4. Seja desenvolvido no corrente ano letivo;
      5. Que o projeto seja coordenado por um/a Professor/a de Informática (Grupo de Recrutamento 550), ainda que possa ser desenvolvido em projetos de turma, clube ou outro projeto da escola;
    3. A inscrição cumpra o estipulado no artigo 4º, numa plataforma digital disponibilizada para o efeito, em http://www.anpri.pt/.

ARTIGO 7º PRAZOS

  1. Prazos a ter em conta:
    1. Inscrição dos professores: Até 15 de outubro de 2018
    2. Submissão da candidatura: até 5 de Abril de 2019, conforme previsto no artigo 4º;
    3. Submissão dos projetos até 1 maio de 2019.
    4. O período de apreciação dos trabalhos submetidos a concurso decorrerá até ao dia 15 de maio de 2019.
    5. Os trabalhos premiados serão divulgados, no dia 20 de Maio 2019, no site da ANPRI.

ARTIGO 8º CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

  1. As candidaturas serão avaliadas de acordo com os seguintes critérios:
    1. Adequação ao tema do concurso;
    2. Criatividade;
    3. Originalidade;
    4. Design;
    5. Interatividade;
    6. Qualidade.

ARTIGO 9º PRÉMIOS

  1. Distribuição de prémios:
    1. São premiados os três melhores classificados de cada categoria;
    2. Todos os alunos participantes e professores orientadores receberão um certificado de participação;
    3. O Júri reserva-se o direito de não atribuir prémios, sempre, que considere que os projetos não satisfazem os critérios enunciados;
    4. Júri reserva-se ao direito de atribuir menções honrosas a projetos que considere relevantes;

ARTIGO 10º DISPOSIÇÕES FINAIS

  1. Salvaguarda de situações anómalas ou imprevistos:
    1. A organização reserva o direito de cancelar, alterar ou reajustar qualquer situação anómala que decorra durante o período da submissão de candidaturas.
    2. Os casos omissos neste regulamento são resolvidos pela Direção da ANPRI.
    3. As alterações, reajustamentos e cancelamentos serão anunciadas no sitio web www.anpri.pt/.

A Associação Nacional de Professores de Informática

Setúbal, 1 de julho de 2018