IMG_20181125_102303

Programação da musica de Natal para o Robot Anprino V2

primary-Programs-for-Kids--Music-and-Movement-1485213679-376x400Nesta época festiva, os alunos da Escola Secundária Augusto Cabrita não se esqueceram do Robot Anprino. Enviaram-nos um presente. Um bloco de programação para que o Robot Anprino, usando buzzer da motor shield  L298 (Versão 2).

Download do ficheiro – anprino_natal

Instalar pela IDE do Arduíno

  1. Ligue a Arduíno do Robot Anprino ao computador através da porta USB
  2. Abra a IDE do Arduino.
  3. Abra o ficheiro (anprino_natal) na IDE do Arduíno (ficheiro >abrir);
  4. Verifique a porta COM (Ferramentas > porta)
  5. Envie a programação para a Arduíno.

Ah! Não se esqueça o Robot ainda está a dar os primeiros passo na música … cuidado com os ouvidos mais sensíveis.

Desfrutem e Feliz Natal!

IMG_20181125_102303

Dica: versão 1 e Versão 2 Motor Shield do Robot Anprino

No interface da aplicação ardublockly para programar o Robot Anprino pode encontra 2 versões para programar (V1 e V2).

ArdublocklyAnprino

Versão 1 (v1)

Versão 1 deve ser utilizada apenas para os Robots Anprino que têm a Motor Shield DfMotor.

versao1 dfrobot-arduino-compatiable-motor-shield-1_1 (1)

Versão 2 (v2)

V2 é para programar os Robot Anprinos que integram a Motor Shield  L298

Versao2 arduino-smd-l298-cift-motor-surucu-shield-arduino-motor-shield-15784-21-B

Visualmente distinguem-se pela cor, pois  A V1 (DfRobot ) é mais colorida, tendo componentes verde, azul e vermelho. Enquanto que a V2 é quase preta.

A maioria dos Robots já distribuidor usam a versão 2.

 

IMG_20181125_102303

InCoDe.2030

incode2030_1Decorreu no passado dia 6 de dezembro, no Convento de S. Francisco em Coimbra, a 1ª Conferência do Fórum para as Competências Digitais. Reunindo responsáveis governamentais, investigadores, professores, empresas e outros empenhados na promoção das competências para o século XXI, esta conferência refletiu sobre os principais eixos do programa InCoDe.2030. Contou também com uma exposição de projetos educativos e empresariais, onde estiveram presentes alguns dos principais projetos no domínio da robótica, programação e 3D que, a partir das suas escolas, têm disseminado experiências pedagógicas inovadoras que colocam tecnologias nas mãos dos alunos.

E os Anprinos? Estiveram presentes, claro, no espaço da e-Tech e nalguns dos clubes de robótica  representados no evento. Gostámos especialmente daqueles que, nas mãos de alunos de cursos profissionais, estão a ganhar novas capacidades e melhorias no hardware. É este o verdadeiro espírito Anprino: que a comunidade pegue na base do robot e o leve em novas direcções.