Projeto

A Associação Nacional de Professores de Informática (ANPRI) tem vindo a desenvolver ações de formação para professores e workshops para alunos, em todo o país, na área da programação e robótica, juntando as placas de prototipagem eletrónica, a arduino/genuino, raspberry pi, exp 8266, entre outras, usadas por artistas, designersmakers e pessoas não familiarizadas com o desenvolvimento de software, que permitem criar objetos e ambientes interativos recorrendo a diversos sensores e atuadores. Também, a área das aplicações e impressão 3D tem sido uma aposta, no âmbito da qual temos realizado algumas ações de formação. Até então, a formação que existia nestas áreas era quase inacessível para professores e alunos das escolas básicas e secundárias, pois era desenvolvida por empresas e com custos muitos elevados para este público-alvo.

Ao desenvolvermos esta formação, no Centro de Formação ANPRI, a custos acessíveis para professores e disponibilizando um package de workshops para alunos, que as escolas, professores e associações de pais solicitam, fomos formando professores e desenvolvendo projetos, simultaneamente fomentando o gosto por estas áreas e incentivando a implementação de metodologias que proporcionem ambientes de aprendizagem, nos quais se aprende – fazendo. Pois, aliar a programação à robótica permite-nos fazer uma abordagem mais profunda da tecnologia, proporcionando momentos para “aprender fazendo”, de forma táctil e tangível, para lá do ecrã do computador, durante os quais os alunos obtêm e visualizam resultados imediatos, desenvolvendo assim, uma cultura “maker”.

A ANPRI é um dos parceiros do Projeto Piloto de Iniciação à programação no 1º Ciclo da responsabilidade da Direção Geral de Educação do Ministério da Educação. Neste sentido, colaboramos sempre que oportuno e solicitado pela mesma, quer na formação e apoio aos professores e também nos eventos, mas para além disso desenvolvemos as nossas próprias iniciativas.

Assim, quando surgiu a oportunidade de integrar a robótica no projeto, contribuímos para a elaboração de um documento orientador nesta área que já está disponível aqui.

As linhas orientadoras são um documento essencial para uma introdução da robótica de forma organizada. No entanto, em nosso entender, precisávamos de algo mais para criar oportunidade e dar uma resposta mais completa para que todos os professores que entendessem optar por esta via o pudessem fazer nas suas escolas. Por isso, identificamos alguns constrangimentos que era e é necessário superar.

A saber,

  • A necessidade de continuar a formar os professores;
  • A maioria das escolas não possui, ainda, o equipamento necessário para poder incluir a robótica;
  • A importância de promover a articulação da programação e da robótica com as áreas curriculares, áreas transversais e projetos de escola/contexto.

EquipaEntão, simultaneamente constituímos mais dois grupos de professores para elaboração de um Kit Pedagógico “Robots ANPRINO” e de cenários de aprendizagem para os Robots. Estas equipas são constituídas por professores que desenvolvem projetos de robótica nas suas escolas, a maioria são formadores do Centro de Formação ANPRI e alguns também desenvolveram as suas teses de mestrado nesta área.

Consideramos, que estes três são os ingredientes necessários para o sucesso da integração da robótica de forma mais generalizada nas escolas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *