You are not logged in. (Login)

 
 
Picture of Fernanda  Ledesma
ANPRI no 1º Encontro da Rede TIC e Sociedade
by Fernanda Ledesma - Saturday, 26 September 2015, 10:50 PM
 

A ANPRI esteve presente no “1º Encontro da Rede TIC e Sociedade”, que se realizou no dia 23 de setembro, no Centro de Congressos de Lisboa (antiga FIL).  Neste encontro foi apresentada a Estratégia Nacional para a Inclusão e Literacia Digitais (ENILD).

A ANPRI participou na Mesa Redonda intitulada "Inclusão, Literacia e Acessibilidade Digitais", com entidades protocoladas com a Fundação para a Ciência e Tecnologia, no âmbito da Rede TIC e Sociedade (DGE - Direção-Geral da Educação, IEFP - Instituto do Emprego e Formação Profissional, União das Misericórdias Portuguesas, RUTIS - Associação Rede das Universidades da Terceira Idade, ACEPI - Associação da Economia Digital e PT/MEO – Serviços de Comunicações e Multimédia, S.A.).

Nas suas intervenções,  a presidente da ANPRI, Fernanda Ledesma, salientou a necessidade de educar os jovens, desde o início do percurso escolar para ser e estar na sociedade de informação. Pois, criou-se a ideia e passou-se de forma muito ligeira, para o público, de que os alunos de hoje, sabem tudo de tecnologia, mas, em seu entender, embora os alunos possuam competências tecnológicas (manejar as máquinas), estão muito longe de terem um nível adequado de literacias digitais que lhe permita retirar daí as potencialidades para o seu percurso escolar e para a vida diária. Por isso, a escola deve ter um papel fundamental na educação para a cidadania digital, pois a maioria dos pais, segundo vários estudos, não estão preparados para os ajudar neste percurso, logo tem de ser a escola a fazê-lo. Deu ênfase à necessidade de despertar nos jovens os riscos da exposição da vida privada nas redes sociais e à necessidade de formar os pais/encarregados de educação para que consigam acompanhar a atividade dos seus educandos no que concerne à utilização das Tecnologias da Informação e Comunicação, bem como despertá-los para os aspetos positivos  e precavê-los para os aspetos negativos da utilização menos correta das TIC.

Enumerou algumas das ações que a ANPRI desenvolve no sentido de contribuir para melhoria desta área e alguns projetos que desenvolve e outros nos quais é parceira. Como por exemplo o projeto - A Robótica Educativa como ferramenta de inclusão digital do Agrupamento de Escolas D. Dinis que apresentou os resultados, no mesmo evento, ao fim do primeiro ano.

Apresentação aqui!